Busca no Site
 
Página Inicial Agenda de Eventos Pedido de Oração Webmail Contato
Institucional
Cursinho - Renovação
Grupos de Oração
Agenda de Eventos
Galeria de Eventos dos Grupos
Galeria de Fotos
Galeria de Áudio
Galeria de Vídeo
Formação
Artigos Dom Anuar
Mensagem do Dia
Link's Úteis
Downloads
Webmail
Contato
ASSESSOR ECLESIÁSTICO
CENTRO DIA JOÃO PAULO II
COMUNICAÇÃO SOCIAL
COORDENADOR DIOCESANO
CRIANÇAS
CURA E LIBERTAÇÃO
CURSO PRÉ-VESTIBULAR
ESCRITÓRIO ARQUIDIOCESANO RCC MARINGÁ
FAMÍLIAS
FÉ E POLÍTICA
FORMAÇÃO
INTERCESSÃO
JOVEM
LITURGIA
MECE
MÚSICA E ARTES
PREGAÇÃO
PROMOÇÃO HUMANA
SEMEADORES
UNIVERSIDADES RENOVADAS
ARTIGO DOM ANUAR
Encontrei o que estava perdido

No mês de setembro temos como tradição na Igreja Católica, celebrar o mês da Bíblia no Brasil. Esse costume vem do fato de que no dia 29, celebramos a morte de São Jerônimo, o tradutor da Bíblia do grego antigo e do Hebraico para o Latim. 

Para orientar o leitor das Sagradas Escrituras cada ano a equipe coordenadora propõe um lema e um determinado livro da Bíblia para ser estudado, refletido, seja individualmente como nas comunidades. Para este ano foi indicado o Evangelho de Jesus segundo Lucas sob o prisma do discipulado-missionário, como o lema: “Alegrai-vos comigo, encontrei o que estava perdido” (Lc 15) 
                                                                                                                                          
“Há muito, Deus tem tentado esclarecer ao homem, acerca do seu grande amor por nós. A ovelha perdida, é uma parábola contada por Jesus, afim de mostrar a busca incessante do pai por seus filhos. Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. O sopro do pai o fez vivente. Somos seus filhos. Jesus começa ilustrando a disposição do bom pastor, que na falta de uma ovelha, somente uma delas, sai e enfrenta o que for preciso para a resgatar e a trazer em segurança ao aprisco. E foi isso mesmo que aconteceu. O pai nunca rompeu a sua relação com o homem. O ser humano foi quem se perdeu, se distraiu, não teve atenção suficiente e errou o caminho”.

Nesta perspectiva de encontrar o caminho de volta, a Palavra de Deus é a bússola que orientará com certeza ao rumo do amor infinito de Deus. E no retorno à casa, ao aprisco das ovelhas a alegria se transformará em festa, amigos e vizinhos serão convidados para se alegrar por uma única ovelha que voltou, que foi encontrada. 

Ao mesmo tempo que a Palavra de Deus, na Bíblia é bússola, não podemos esquecer de que ninguém vive sozinho. A presença de um amigo, de um irmão, para caminhar juntos será fundamental, a fim de sentir no retorno a força para chegar. Como faz bem, como é indispensável um Cirineu, para apoiar e dividir o pesa da cruz. 
Cada um nós tem uma história, uma vida que vai sendo construída a cada momento. Na dinâmica do caminho somos interpelados de todos os lados, por propostas encantadoras. 

Porém nenhuma propõe em primeiro lugar a cruz. O Mestre Jesus ao fazer a proposta do seguimento dele deixa claro: “Quem quiser me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz cada dia e siga-me” (Lc 14,26). No mundo ninguém fala em renúncia, em cruz, em perseguição, tudo é festa, tudo é feito para viver um paraíso terrestre, onde tudo termina aqui. Toda escolha exige renúncia, perdas, e também ganhos, com uma pequena diferença, que tudo se encaminha para o paraíso celeste, onde tudo será uma festa eterna. 

Nunca e ninguém pode substituir ninguém no caminho da felicidade aqui e no outro mundo. Não existe representação e muito menos delegação. Somos todos convidados em primeira pessoa e julgados como indivíduos agraciados e amados desde toda a eternidade. 

O Deus que nos amou e ama nos chama para ir contra a  corrente do mundo, das ideologias alienantes, das doutrinas modernas, e do modernismo facilitador de tudo. É preciso coragem para retomar o caminho. Se faz necessário renunciar as coisas de Deus e ficar com o Deus das coisas. Alegremo-nos por uma só ovelha que volta ao colo do pastor.


Dom Anuar Battisti é Arcebispo de Maringá-PR

 | SAIBA MAIS | »    Nossa solidariedade ao povo de Pinhão... »    Fujamos da tranquilidade... »    Política, Igreja e combate à corrupção... »    Casa Comum, nossa responsabilidade... »    O Ano Santo da Misericórdia... »    Novembro Azul... | TODOS OS ARTIGOS | 
 
Facebook

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA - ARQUIDIOCESE DE MARINGÁ

Rua Topázio, 732 - Jardim Real

Maringá - Paraná

Fone: (44) 3026-8811

E- mail: rccmaringa@gmail.com